segunda-feira, 30 de abril de 2012

Arcebispo motiva jovens a serem protagonistas no Ano da Fé


O presidente da Comissão Episcopal Pastoral para Doutrina da Fé, da CNBB, e arcebispo de Brasília (DF), dom Sérgio da Rocha afirmou que o ano da Fé será uma grande oportunidade para juventude assumir seu protagonismo na Igreja. A declaração foi feita em entrevista ao site Jovens Conectados, durante a 50ª Assembleia Geral da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil, que acontece entre os dias 18 e 25, em Aparecida (SP).
Ele destacou que o Ano da Fé, convocado pelo papa Bento XVI, através da carta Porta Fidei, é marcado pela 50 anos da abertura do Concílio Vaticano II e o 20º aniversário da promulgação do Catecismo da Igreja Católica (CIC). Ano da Fé terá início no dia 11 de outubro deste ano e se concluirá em 24 de novembro de 2013, ocasião da Festa de Cristo Rei. Na mesma data de sua abertura começam os trabalhos da Assembleia Geral do Sínodo dos Bispos, que terá como tema "A nova evangelização e transmissão da Fé".
"O da Fé representa uma grande ocasião de renovado encontro com Jesus Cristo", afirmou, dom Sérgio da Rocha, mencionando, ainda, que com o Ano da Fé, o papa quer colocar no centro da atenção da Igreja a vivência e a beleza da fé. "O Ano da Fé quer contribuir para uma renovada conversão, vivência e para uma redescoberta da fé".
No Brasil também estão sendo preparadas uma série de iniciativas para o Ano da Fé, especialmente dando destaque para os documentos do Concílio Vaticano II e do próprio catecismo, que, segundo os bispos, precisam ser mais conhecidos pelo povo.
Neste sentido, dom Sérgio reforçou a preocupação dos bispos do Brasil em evangelizar a juventude também a partir do Ano da Fé. Ele destacou que a própria Jornada Mundial da Juventude (JMJ) irá acontecer nesse preíodo. "O grande esforço que tem ocorrido no Brasil hoje é de motivar a própria juventude a participar desse processo de evangelização, isto é, os jovens evangelizando os jovens". Para isso, no ano passado, foi lançada uma versão do catecismo voltada para os jovens, o YouCat.
Segundo o arcebispo, até mesmo para a produção de materiais de evangelização, "não bastam especialistas em Sagrada Escritura ou no catecismo, que têm uma contribuição fundamental". "Precisamos dos jovens envolvidos nesse processo, colaborando com sua criatividade", disse, informando que a CNBB pretende publicar materiais adaptados não apenas para os jovens como também para as crianças. "Que no Ano da Fé, a juventude se sinta mais protagonista no presente da Igreja e da sociedade", concluiu.
Por Fernando Geronazzo

Nenhum comentário:

Postar um comentário