domingo, 8 de abril de 2012

Bento XVI celebra Missa da Ressurreição diante de 100 mil pessoas

Cidade do Vaticano, 8 abr (EFE).- Cerca de 100 mil fiéis, segundo estimativas do Vaticano, assistem na Praça de São Pedro à missa solene do Domingo da Ressurreição, que é celebrada pelo papa Bento XVI.
Depois da missa, o pontífice lerá a Mensagem de Páscoa e dividirá a bênção 'Urbi et Orbi', à cidade de Roma e a todo o mundo.
Bento XVI, de quase 85 anos, concelebra a missa com o cardeal Jean-Louis Tauran. Ao rito, que começou com o canto do 'Resurrexit', assistem várias centenas de purpurados, bispos e sacerdotes.
Como acontece desde o ano de 2000, quando foi recuperada uma tradição perdida havia 800 anos, no altar está colocada a imagem do Santíssimo Salvador, conhecida como 'Acheropita' (que significa não pintada por mãos humanas).
Trata-se de um dos ícones mais venerados da cristandade e que se conserva na capela de 'Sancta Sanctorum', existente no edifício anexo à Basílica de São João de Latrão, onde está a Escada Santa que, segundo a tradição, Jesus subiu durante sua paixão.
Antes de começar a missa, Bento XVI orou por alguns minutos em frente à imagem do Santíssimo Salvador.
A Praça de São Pedro está enfeitada com 45 mil flores multicolores, entre elas rosas, cravos, lírios e tulipas, além de rododendros, azaleias, magnólias, narcisos e jacintos, todas elas procedentes, como já é tradição, da Holanda.
Também está adornada com duas oliveiras centenárias trazidas da região italiana de Apúlia.
A Mensagem de Páscoa porá fim aos ritos da Semana Santa. O papa deverá passar a segunda-feira de Páscoa, que é dia festivo no Vaticano e na Itália, no Palácio Apostólico de Castel Gandolfo, ao sul de Roma.
Copyright (c) Agencia EFE, S.A. 2010, todos os direitos reservados
Fonte: EFE Brasil

Nenhum comentário:

Postar um comentário